Pizzaria Zero-Zero

📌 Localização: Alameda dos Oceanos, Lote 2.11.01H - Parque das Nações, Lisboa.
Num daqueles passeios de fim-de-semana a dois em que a preguiça para cozinhar em casa nos assalta, decidimos - eu e o meu mané - ir à pizzaria zero-zero, por ser relativamente perto do nosso percurso habitual, bem recomendada pelas aplicações existentes para o efeito e porque se centra em comida italiana, a qual certamente está no topo das minhas preferências culinárias! Por isso, enquanto amante de massa, de pesto e de quejo, cedi a mais um dos spots que anda por aí na berra (...)! Existe um outro restaurante no Príncipe Real, contudo este é mais espaçoso e de fácil acesso, para além de que vos permite caminhar alguns quilómetros à beira-rio depois de uma refeição que vos deixará cheios. Assim aconteceu connosco, não tivéssemos optado por pedir duas pizzas de tamanho médio para cada um de nós (e, claro está, eu tive que pedir a que tinha mais opções de queijo!), seguindo-se duas sobremesas: um tiramisú e uma mousse de chocolate de avelãs. Sim, se há coisa que não partilhamos são sobremesas! Quanto muito, ele termina a minha!
Quanto às pizzas, estas estavam verdadeiramente à altura das nossas expectativas, uma vez que a massa é fina o suficiente, mas não em excesso. Os ingredientes são de origem e de excelente qualidade, a ver pela intensidade do cheiro e do paladar(!). Já as sobremesas, apesar da apresentação de cinco estrelas, não estavam tão boas quanto seria esperado. O que me agradou especialmente foi a decoração de todo o espaço. A cozinha, bem como a secção onde se montam as pizzas, é aberta, sendo possível ver os chefes a trabalhar, o que pode até ser hipnotizante. O ambiente industrial contrasta com motivos em madeira e artesanais, dando-lhe um toque estranhamente acolhedor.
É certamente um local a voltar, visto que não me dei ao prazer de um belo spaghettti. Contudo, os preços não são lá muito apelativos!
  Assim, aqui vai mais uma publicação para esta rubrica destinada à gula, a qual tenho a confessar me tem dado alguns quilinhos extra, o que terei que reverter com algumas corridas matinais, porque deixar de comer massa está fora de questão! Por isso, segue-se a habitual classificação, depois de uma média estipulada entre a minha opinião e o parecer do meu marmanjo (já se tornou natural após a refeição discutirmos as "notas" a atribuir!), que é um tanto ou quanto mais crítico do que eu no que à decoração e atendimento diz respeito!

Localização: 4/5 - Situado perto do Casino de Lisboa no Parque das Nações, este é claramente um local de fácil acesso para quem se quer lá fazer chegar através de transportes públicos, no entanto, encontrar estacionamento gratuito é um desafio...! Eu costumo deixar o carro perto da ponte Vasco da Gama, junto à zona residencial, e dou uma caminhada até ao centro do parque das nações.
É um dois em um: como e ando ainda um bom bocado. Ajuda a relativizar a culpa!

Atendimento: 4/5 - Simpáticos, eficientes e bem coordenados entre si.

Gastronomia: 4,5/5 - As duas pizzas que pedimos estavam realmente no ponto (!), pelo que o meu desejo por gulodice ficou mais do que satisfeito. Ainda assim, depois da barriga cheia, devorei um tiramisú com algum custo por estar sem espaço para muito mais, e este não foi dos melhores que já comi. Creio que os caseiros cá de casa são bem melhores, mas o gostinho a doce tem sido uma constante por aqui, pelo que jantar fora requer uma sobremesa!

Preço: 3/5 - Aqui é que a porca torce o rabo. A média de preço por pessoa ronda os 25 euros se contarem com prato principal, as bebidas e sobremesas. É consideravelmente mais caro do que eu esperava, pois estando inserido na categoria de pizzaria é natural associarmos a algo mais em conta. Contudo, não é uma pizzaria qualquer e oferece uma variedade de outros pratos!

Decoração: 5/5 - Nota máxima! Gosto muito do contraste que referi anteriormente e de vermos o que cozinham! Dependendo do local do restaurante poderá ser mais ou menos acolhedor, e mais ou menos adaptado a grupos ou, no nosso caso, a mesas para dois. (...) É uma questão de sugerirem onde preferem ficar. Ora num recanto ou em espaço aberto...! Deverão ir cedo porque em pleno fim-de-semana a fila de espera é considerável e a tendência é aumentar a adesão no verão com a esplanada disponível no exterior.

Um dia destes retorno à Pizzaria Zero-Zero para provar uma das várias pastas no menu, o qual podem consultar aqui. Mas se já lá foram, porque não deixar a vossa sugestão que aqui a Ju irá certamente tê-la em conta numa próxima visita! São também bem-vindas outras indicações de restaurantes italianos, quer seja por aqui como no Porto, onde tenciono ir em breve!

4 comentários:

  1. adorei o post!!
    beijinhos

    |último post|
    http://eyeelement.blogspot.pt/2018/04/4-ootd-do-instagram.html

    ResponderEliminar
  2. Estava com curiosidade em experimentar a pizzaria, até porque é perto da minha casa, mas o preço por pessoa desanima um pouco. Tenho que ir espreitar!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Creio que eu e a minha companhia nos excedemos nos pedidos. Cada um com a sua pizza e sobremesa. Daí o preço, contudo esta é a média apresentada também no zomato.

      Um beijinho!

      Eliminar
  3. Mas que lugar espectacular... já sei que 25 euros não são uma pechincha, mas uma vez por mês aceita-se bem. :)

    ResponderEliminar