Kokoro Ramen Bar

📌 Localização: Av. Rovisco Pais 30A, 1000-026, Lisboa (ao lado do Instituto Superio Técnico - Torre Sul).
     Esta semana, em modo de despedida das minhas últimas férias enquanto estudante (pelo menos superiores a uma semana e sem nada para fazer), aceitei o convite do meu melhor amigo para experimentarmos um restaurante que ele há muito queria conhecer, de nome Kokoro Ramen Bar. Desde que experimentei o meu primeiro Ramen (recordas-te da minha experiência no Nood?), novos horizontes se abriram à gastronomia japonesa, a qual não se resume somente a sushi e chá verde!. Encontrar lugares como este tornou-se uma missão, pelo que espero que seja uma temática que vos interesse, nomeadamente a todos aqueles que apreciam opções vegetarianas tal como eu.
IMG_3723
       O Kokoro Ramen Bar é exactamente o que o nome promete!. Um bar pequeno e que se dedica exclusivamente a este prato. Abriram há pouco menos de dois anos, e desde então que têm ganho algum destaque (de forma ainda comedida, de "boca em boca") por serem um dos primeiros locais na capital a produzir os seus próprios nooddles. O chefe de cozinha, também ele o proprietário do bar, desculpa o restrito menu com o tempo que dedica à qualidade do mesmo (...)! Nota-se realmente que há uma diferença na frescura da massa e no sabor dos molhos e caldos, e a bem dizer eu cá não tenho nada contra coisas pequenas (não sejam marotos, vá!), não fosse eu um pigmeu andante. A par disso, vamos lá ao que interessa, com as habituais categorias que valorizo num restaurante.

Localização: 4,5/5 - O local agrada-me bastante, pois é-me muito familiar. Foram vários os anos em que estudei no Técnico (já vos tinha dito?), ali mesmo ao lado!!, pelo que é reconfortante voltar às ruas que tão bem conheço. Atravessar o técnico para lá chegar foi também um misto de emoções, confesso. Mas em termos de localização, o espaço encontra-se bem centralizado, ainda que passe despercebido à primeira instância. Poderá ajudar procurar pelo Hotel Turim.
Atendimento: 3,5/5 - Receei um pouco nesta classificação, pois acredito que o conceito do restaurante influencie o tipo de atendimento existente. A equipa resume-se a duas ou três pessoas no máximo, contando com o chefe. O espaço, por ser pequeno, poderá exigir uma espera à porta de entrada, sentindo-nos (quem lá dentro está) como pequenos peixes num aquário. Os elementos da equipa falam mal português, sendo-lhes preferível e até habitual, pelo público alvo, falar em inglês (...)! Já o tempo de espera pelo Ramen escolhido cingiu-se a 20 minutos, o que considero ser um pouco mais do que o esperado. No entanto, foi razoável.
Gastronomia: 5/5 - Sem sombra para dúvidas. À primeira grafada, ou será melhor dizer paulitada?!, dei por mim a esbugalhar os olhos em simultâneo com o meu companheiro na aventura gastronómica. Seguiram-se de imediato comentários como "está mesmo muuuito bom", "isto sim é um Ramen!", "(...) dos melhores que já provei!".
O menu apresenta apenas 3 opções de Ramen: o vegetariano (ver foto em cima), outro com carne de galinha e ainda com carne de porco, sendo esta última a opção que o meu amigo escolheu e que a apresentação deixa qualquer um a salivar com as suas cores vibrantes.
É facilmente um cinco em cinco! Por isso, caso conheçam um potencial local que destrone este, é só avisarem! Irei adorar o desafio!
É que destronar o Ramen do Nood foi realmente fácil com este novo spot em Lisboa, ao qual irei regressar certamente!

Atenção que não será o local ideal para um date amoroso, porque sugar noodles não tem nada de sexy se forem desastrados.
WhatsApp Image 2018-02-16 at 12.40.21 WhatsApp Image 2018-02-16 at 12.40.39 WhatsApp Image 2018-02-16 at 12.39.35
Ah!, e esqueçam a sobremesa por aqui. Recomendo beberem um café ali perto, no atrium saldanda, dentro da loja da delta.

Preço: 5/5 - Incrivelmente barato, na minha opinião, ficando a média por pessoa de 10 euros, com bebida incluída.
Decoração: 3/5 - É um espaço, como referi, pequeno. Talvez até seja verídico dizer minúsculo! Contudo, é um espaço acolhedor. Fez-me pensar numa sauna, com as paredes todas elas revestidas em madeira (!). O tecto tinha motivos decorativos com lanternas e sombrinhas japonesas e pouco mais seria impossível, pois envolve algum jogo de tétris para nos sentarmos, sem derrubar nada...!
A capacidade não excede as dez pessoas (creio eu), pelo que é conveniente ir preparado para tal e não há possibilidade para reservas.
Em resumo, este restaurante é ideal para quem gosta verdadeiramente de Ramen e não quer gastar muito dinheiro. O foco é o Ramen! Simples e sem extravagâncias, é um local a voltar para reconfortar a barriga com um bom noodle! É um Sim, Sim, Sim!

2 comentários: