Final de dia por Braga | Café Vianna e A Brasileira.

  Braga! Finalmente! Há muito que queria partilhar estas fotografias por aqui! Tenho andado tão entretida: ora com festivais de verão, bailaricos, idas ao Alentejo e jantares, que me deixei levar pela preguiça. Pouco tenho estado online, à excepção do instagram. Ainda são muitas as fotografias por partilhar. Algumas delas de recém-descobertas, aqui mesmo ao lado de casa! 
Esta cidade é uma das localidades por onde este blogue recebe mais leitores, os quais são cada vez mais a ver pelas estatísticas do blogue! Um facto curioso e que coincide com a harmonia calorosa da mesma! Já conhecia bem Braga, mas com este regresso saí com a certeza de que Braga é muito mais cosmopolita do que à primeira vez constatei... É sim uma cidade muito jovem e com muito por descobrir, a ver pelas vossas indicações de cafés e de restaurantes! A minha passagem foi, por isso, muito breve! Mais um motivo para voltar um dia...
Embora este verão tenha sido dedicado a tamanhas aventuras pela estrada, penso que as senti como que em jeito de despedida. A vida dá tantas voltas que nem sempre os planos se concretizam, pelo que um adeus nunca o será por definitivo. Não é assim?
Deixando-me das minhas habituais nostalgias, assim que chegámos a Braga optámos por jantar qualquer coisa rápida. Pela impaciência de procurar um pouco mais, ficámos pela praça central no Café Vianna.
IMG_1357 IMG_1364 IMG_1401 IMG_1385
 Confesso que desconhecia a grandeza deste café para a sociedade bracarense, visto que este data do séc. XIX, sendo que foi frequentado por Eça de Queirós e Camilo Castelo Branco(!), e foi palco de reuniões políticas importantes na época, como o famoso movimento de 28 de Maio de 1926, liderado pelo general Gomes da Costa! Recentemente o café recuperou a sua arquitectura original através do restauro e da nova decoração (foi um pena não ter fotografado o seu interior - estava cheio de turistas...!). Pedi uma salada com salmão fumado para o meu jantar - eu adoro salmão fumado - e fui surpreendida pela apresentação! Há pratos que ficam maravilhosamente bem numa fotografia, bem como na minha barriga. Estava delicioso, o que em muito se deveu à frescura dos ingredientes e do molho espectacular com mel! Seria certamente um local a voltar, caso o atendimento fosse mais rápido! Ui, o que tivemos de esperar! Pude inclusive cuscar a feira do livro que se encontrava a decorrer, a qual se encontrava pouco apelativa.
De seguida, fui à busca da conhecida pastelaria: A Brasileira! Só precisei de virar a esquina...
IMG_1397 IMG_1403 IMG_1433 IMG_1435 IMG_1437 IMG_1438
A pastelaria tem uma montra que é de fazer o queixo cair ao chão! Mas consegui resistir à desgraça e ficar-me por um café.
IMG_1410 IMG_1449 IMG_1465
   O resto da noite foi passada por entre as curvas e contra-curvas da subida para o monte do Bom-Jesus. Depressa percebi que este é um local de ponto de encontro para os jovens de Braga nas noites quentes de Verão, pois a vista é realmente incrível! (...) Eu somente lá tinha estado no ano passado em plena luz do dia, vez essa em que subi o ascensor e me arrepiei com a sua inclinação (sim, a carruagem parou a meio durante largos minutos!). Fomos também ao santuário do Sameiro - a fotografia não capta a sua grandeza. Fez-me lembrar o Sacré Coeur em Paris! Eu aconselho-vos a irem aos dois e maravilharem-se! Por Braga, o que não falta são igrejas e santuários para visitar! Eu tenho um fascínio por igrejas e nem cristã sou. Gosto realmente da sua arquitectura peculiar! Recordo-me de em Fevereiro ter entrado à "socapa" numa capela de um santuário em Lion na França. Caí para o lado com o tecto pintado!... Deverei ter algures uma fotografia do local. Certamente que sim, apesar de nem sempre andar com a canon gigante atrás. Por vezes, prefiro viajar apenas com a Canon Legria, cuja lente tem um efeito de olho de peixe. E eis então que vos pergunto: Gostariam de ver o Porto através dessa lente!? Ou que publicasse fotografias de viagens que realizei anteriormente? Algo me diz que sim!

Próxima paragem? Talvez os jardins de Serralves no Porto? O que vos parece? Acredito que nem todos conheçam.

4 comentários:

  1. As fotos estão tão bonitas! :)
    Beijinho.

    http://nepheshing.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  2. Já tinha vontade de visitar Braga, mas depois deste post fiquei com ainda mais :))

    ResponderEliminar
  3. Eu vivo em Braga há quase nove anos. Fui para lá para frequentar a UM e acabei por ficar. A cidade é tem muitos jovens e é bastante alegre e luminosa no verão (no inverno chove que dói!), graças à grande quantidade de jovens que tem, não apenas por causa de diversos pólos de universidades, mas também por causa do centro de nanotecnologia ibérico que fica a uns 5 minutos da UM. E sim, em todas as esquinas parece haver uma igreja, pelo que é óptimo para quem gosta da arquitectura e do interior =)
    ****

    ResponderEliminar
  4. Cidade das capelas! É mesmo...
    Fogo, Ju, conseguiste tornar a nossa cidade ainda mais apelativa. E deste-lhe um tom bem pinky. Sweet!
    Descreveste tão bem aquilo que sentiste que até me senti inspirada pela cidade onde resido há 20 anos eheheh

    ResponderEliminar