Porquê Ju vibes?

Perdi a conta... Sim, perdi a conta à quantidade de vezes que abri esta página em branco e me desafiei a escrever umas quantas palavras. Ora porque tinha algo a partilhar, ora porque escrever é provavelmente a terapia que melhor surte efeito em mim. O receio de me expor naquilo que para mim é um reflexo da alma sempre se fez prevalecer perante a vontade de fazer algo diferente. Já alguma fez sentiram que têm um talento qualquer e quiçá até um sonho que tendem a menosprezar consoante o tempo passa? Pois bem, este é o meu: o de ter uma voz que alcance outros mundos que não somente o meu. Confesso que dia após dia, viagem após viagem, livro após livro, e por aí adiante, desejei ter coragem para o fazer. E como é simples de o fazer! Basta não racionalizar tanto a vida e deixar fluir as energias.
E foi assim que limpei o pó aos diários de menina que guardo religiosamente numa caixa e dei asas aos sonhos de outrora. Não sei se este espaço será verdadeiramente um diário, porque de secreto pouco terá. O seu objetivo é o oposto desse mesmo. No entanto, acredito que as minhas divagações e filosofias de vida sejam interessantes de se acompanhar por meio de fotografias ou textos, porventura extensos. Mas isso somente vocês o poderão afirmar. Espero que Ju Vibes seja muito mais do que um blogue (já existem tantos), e sim um projecto inovador. Mas e vocês perguntam: porquê Ju Vibes?
A minha resposta é igualmente simples. Porque não? Não sei até que ponto estará em voga lerem-se blogues. Recordo-me de ler blogues espectaculares e de aprender imenso com a forma como os autores desses mesmos blogues encaravam os desafios da vida. Acredito que agora se perdeu um pouco da magia em se ter um blogue só porque sim. Porque escrever é o essencial. No entanto, ainda defendo que há algo de fantástico em se ler o coração de outro alguém pelas entrelinhas. Talvez decifrem o meu também...
O nome Ju Vibes surgiu depois de dar vários nós à minha imaginação e de rasurar umas quantas folhas em branco. Cheguei à conclusão de que quanto mais pensava, mais longe estava de alcançar o veredicto final. Afinal, o nome apenas teria que transparecer a essência da minha mensagem no seu global. Alinhei umas quantas palavras-chave e, facilmente percebi que Ju deveria constar no nome, enquanto diminutivo do meu nome - Joana. Ju porque todos os meus amigos me enunciam assim e Vibes porque este será um espaço dedicado às boas energias. Faz sentido e, de facto, transparece o que pretendia: a harmonia com as energias que nos rodeiam.
Quanto a mim, confesso ter pouco a acrescentar. É sempre estranho falarmos de nós, não é?!
Mas se tivesse que me descrever em poucas palavras diria que sou viciada em fotografia, em viajar e em trabalho...
Podes conhecer-me melhor aqui e em cada publicação que partilhar.

Sem comentários:

Enviar um comentário